Páginas

quinta-feira, 22 de abril de 2010

Melhores amigos para sempre

Foto retirada do We heart It

Um garoto e uma garota, um violão e o céu azul. Parece tudo tão banal não é? Mas se olhar mais de perto poderá ver que há muito mais para se descobrir.

Eles cresceram juntos. Ele a ensinou a jogar futebol, ela o obrigava a brincar com suas barbies, e ente passeios de bicicleta, brincadeiras e sorrisos, se tornaram melhores amigos. A infância ficou para trás, e eles passaram a compartilhar conselhos, segredos e paixões. Ela o ajudou a descobrir seu talento na música, ele a ajudou a descobrir que ela era, mas o essencial entre os dois ainda não foi descoberto.

Deitada na grama ela imagina como seria se ele soubesse que cada nota combina perfeitamente com o ritmo do seu coração, que gostaria de ser a musa inspiradora, e que daria tudo para poder chamá-lo de outra coisa que não amigo.

Tocando o violão ele imagina se ela sabe que cada verso foi feito para ela, que ele sonha com um beijo dela, e que o que mais deseja é parar de chamá-la de amiga.

Os dois continuam em silêncio, sorrisos e olhares que dizem sempre algo mais, mas que se perdem em meio ao medo de estragar tudo o há entre eles. Amanhã ele viaja para gravar o primeiro Cd da sua banda, ela vai para a Inglaterra cursar moda. Prometeram que nunca vão perder contato, ela brinca que quando a banda dele fizer turnê pela Inglaterra, o primeiro ingresso será dela, ele sorri e concorda.

Mas isso é amanhã, e eles permanecem ali, conversas amenas, sem pensar no futuro, afinal, há tanto pra falar, e tanto a esconder.

Apenas um garoto e uma garota, um violão e céu azul, e um beijo que paira sobre eles, um beijo nunca dado, mas que será lembrado para sempre.

Um comentário:

cecilia disse...

Como ouvi no filme divã "somos a lembrança de um beijo nunca dado"
Porque o medo não deixa as pessoas tentarem?as vezes nem lave se arriscar e o medo de perder tudo não é?Coisa do futuro mesmo.
Beijo e belo texto.