Páginas

quinta-feira, 4 de junho de 2009

Não...

... , não vai agora, ainda não. Me deixa sentir mais uma vez o teu perfume, teus lábios colados no meu. Não, não pede meu telefone, não quero pensar na decepção de amanhã. Quero apenas sentir teu corpo junto do meu, teus braços em torno da minha cintura e imaginar que vai ser pra sempre. Não, não precisa pensar em um assunto pra falar. Apenas diga baixinho no meu ouvido que adorou essa noite, que eu sou linda e que não quer mais me soltar. Não, não diz que quer me conhecer melhor. Faz de conta que nos conhecemos a vida inteira, e deixa eu imaginar o futuro ao teu lado. Não, fica mais um pouco, ainda não amanheceu. Apenas fica do meu lado enquanto as estrelas vão embora e o sol começa a nascer. Não, agora não olhe para trás. Apenas vá embora, enquanto eu te vejo soltar a minha mão e continuo aqui, imaginando tudo o que poderia acontecer se não fosse esse meu eterno medo de me envolver...

7 comentários:

Mayana Carvalho disse...

aaaaaaaaai.
Seu texto me enobrceu profundamente. lgumas partes me fizeram lembrar de algumas falas de Julieta no livro!

Beijos

a má! disse...

"eterno medo de me envolver!"
adorei !!
:D

estou mais segura agora !
um beeijo :*

Bruna Bianconi disse...

me identifiquei demais com seu texto, medo de me envolver :~

bejo

Stephanie Pereira disse...

Encantador *-*

L is for luá disse...

temos que perder esse medo de se envolver :( eu sofro disso JSIOJOIAJSOIOIAJSOIO

Aninha disse...

Adorei o texto!
"medo de se envolver"
hehe

bjinhos*~

Luh* disse...

Que lindo!
adorei o texto fofa!

beijos