Páginas

segunda-feira, 2 de março de 2009

Gabriel(a)

E assim era Gabriela: cabelo comprido e cacheado, blusa justa, saia curta. Olhos azuis e um sorriso encantador. Olha que legal! Ela arrasa no futebol! Sempre rodeada de garotos, todos querendo ganhar seu coração ou apenas mais um beijo. Passa algum tempo e ela não é mais ela mesma, ou melhor, ela se torna outra parte de si mesma. O “a” do final é desconectado e ela não é mais uma garota.
E assim é Gabriel: cabelo enrolado dentro do boné, camiseta, calças largas. Olhos azuis e um sorriso encantador. Olha que legal! Ele depila a sobrancelha! Sempre rodeado de garotas, todas querendo provar um pouco de sua boca e do azul de seus olhos. O tempo passa, o “a” volta a seu lugar de origem. O boné é guardado e os cachos tomam forma.
Muitas pessoas já descobriram essa metamorfose diária, algumas se afastaram, achando tudo isso muito estranho, outras se aproximaram ainda mais, se tornando verdadeiros amigos, outras ainda não sabem se acham normal ou se devem apenas ignorar.
Gabriela ainda não se decidiu pelas blusinhas justas ou as enormes camisetas, não sabe ainda se prefere a “pegada” forte dos meninos ou do gosto de cereja do gloss das meninas. Ela simplesmente sabe que adora essa vida de menina-menino, sendo duas versões dela mesma, ambas tão verdadeiras.


ps: os fatos retratados acima são meramente fictícios...
ps2: eu não consigo ficar longe daqui! Tava morrendo de saudade, então voltei! =D

3 comentários:

Mayana Carvalho.♥ disse...

depois da indecisão e confusão, sempre vem a maturidade que ameniza e traz o conforto pessoal!
Ele(a) vai se ajeitar!
Hhaihsaihsaihs.

Gostei muito da historia, adoro seus tema inusitados ;*

Aquela tal de brito disse...

oi querida
não não fique longe
pq eu adoro aquiiiiiii
seus textos são otimos *-*
um dia ele(a) vai consegui ver o seu verdadeiro lugar, mas se fosse meu amigo(A) não me importaria eu apoiaria, esse negocio de preconceito já era!

beeeijos;*

Aquela tal de brito disse...

respondendo seu comentario no meu blog
nossa vc nem sabe quanto foi dificil não fala com ele, mas se for o meu destino encontra-lo novamente juro que não vou dispediçar!

beeeijos;*